A apreciadora e os apressados

Mesmo os grandes centros urbanos sendo organismos vivos e pulsantes – e talvez por isso, eles também são repletos de atrações interessantes e belezas espelhadas por todos lados. Mas já não reparamos mais, não apreciamos mais. Estamos com pressa, temos hora marcada para o próximo compromisso.