LUCIANA AITH E A FOTOGRAFIA CORPORATIVA

 

Tivemos uma conversa ótima com a fotógrafa Luciana Aith sobre o universo da fotografia corporativa. Ela começou na fotografia como assistente do fotógrafo Bob Fonseca e hoje fotografa grandes eventos nacionais e internacionais. Durante a entrevista, conhecemos um pouco da sua trajetória e os desafios de quem se especializa neste campo de atuação. 

Em sua caminhada profissional, Luciana experimentou diversas áreas da fotografia, até que em determinado momento se dividiu entre os eventos corporativos e os casamentos. No entanto, enquanto casamentos costumam ser fechados com muita antecedência, outros eventos podem ser fechados dias antes deles acontecerem. Este descompasso de agendas fez com que ela perdesse eventos importantes, como um Rock in Rio, por exemplo. Assim, acabou optando por trabalhar somente com eventos corporativos.

Entre os desafios de quem escolhe a área estão a falta de rotina e o ritmo intenso de trabalho. Sobre a falta de rotina, ela nos contou que já recebeu um pedido para fotografar um evento na Colômbia três dias antes do evento acontecer. E mesmo sem estar em sua programação, aceitou o trabalho. Luciana também nos contou como feiras e congressos são cansativos, pois podem ser um dia inteiro com muitas atividades diferentes para serem registradas ou até  mesmo muitos dias consecutivos assim de trabalho. 

DICAS PARA FOTÓGRAFOS INICIANTES

Com base na conversa que tivemos com a fotógrafa Luciana Aith, selecionamos 4 dicas básicas para fotógrafos iniciantes, sobretudo para os que desejam iniciar na fotografia corporativa.

1. Descubra a área da fotografia que melhor funciona para você. Uma que você sinta prazer em fazer, que faça bem e que encontre boas oportunidades de trabalho. Teste várias, com o tempo você vai perceber qual flui melhor para você. 

2. Torne-se um especialista. Levando em consideração a dica anterior, foque em um campo de atuação. 

3. Faça um portfólio. Uma das formas de começar a ter um material para apresentar é conseguir uma oportunidade como assistente de um fotógrafo mais experiente, que já tenha um fluxo de clientes. 

4. Peça uma oportunidade para apresentar o seu portfólio. Entre em contato com possíveis clientes e agências. Pode demorar até conseguir uma resposta positiva, mas faz parte do processo. Para alcançar objetivos, precisamos fazer movimentos em sua direção. Alguns funcionarão, outros não terão o resultado desejado. O importante é sempre persistir.


Acesse o link para ver a entrevista completa com a fotógrafa Luciana Aith para a FOTOTECH TV, o nosso canal no youtube: https://bit.ly/2Uoortd

 

 

 

 

Postado em: 20/03/2020



Comentarios

Nenhum comentário.

Comente aqui