5 DICAS PARA FORTALECER A SUA CARREIRA NA FOTOGRAFIA

 

Criatividade, técnica, talento e paixão são elementos que costumam estar sempre associados aos fotógrafos. No entanto, para viver de fotografia, outras competências também precisam ser desenvolvidas. 

 

Esqueça aquela imagem glamourosa dos filmes, o dia a dia de um fotógrafo envolve captar novos clientes e deixá-los satisfeitos com o trabalho entregue. Sim, na maioria das vezes, o fotógrafo é um prestador de serviços. 

 

O mestre da publicidade britânica PAUL ARDEN em seu livro NÃO BASTA SER BOM, É PRECISO QUERER SER BOM destacou como melhor momento da sua carreira um trabalho que fez com o grande fotógrafo RICHARD AVEDON. Ele deu total liberdade ao fotógrafo e se surpreendeu com o entusiasmo com que ele passou a fotografar para o projeto. Ao ser questionado se não era sempre assim que ele trabalhava, AVEDON respondeu: “Não é verdade, Paul. Sou contratado pela VOGUE, eles me dizem o que querem, e o que querem nem sempre me interessa, mas eu tenho um estúdio para tocar. Então, eu faço.”

 

Como a publicidade é uma profissão que transita bem entre o comercial e o criativo, aproveitamos para compartilhar com vocês algumas dicas presentes no livro de PAUL ARDEN que podem ser úteis também para fotógrafos . 

 

 

1. “FAÇA DO JEITO DELE. DEPOIS FAÇA DO SEU.” 

 

Se o cliente já tem uma ideia do que ele quer, não perca muita energia tentando convencê-lo a fazer do jeito que você acredita ser melhor. Faça do jeito que ele idealizou e do jeito que você gostaria de fazer. Entregue primeiro as fotos do jeito que foi solicitado, e depois mostre as que você fez do seu jeito, como um extra, dando a ele mais opções de escolha.  

 

2. “NÃO TENTE GANHAR PRÊMIOS.”

 

Premiações são importantes, mas não são tudo. É preciso compreender que a comissão julgadora está alinhada ao presente. Um exemplo, a forma de fotografar casamentos está sempre mudando, o que é feito por todos agora, pode ser extremamente brega no futuro. 

 

Logo, vale mais ser criativo e manter-se fiel ao seu estilo, do que mudar para se encaixar no padrão de uma competição. Você pode até não ganhar prêmios, mas terá mais chances de criar algo com personalidade e atemporal. 

 

3. “NÃO VÁ ATRÁS DOS ELOGIOS. OUÇA AS CRÍTICAS.”

 

Elogios fazem bem a todos, mas se você acredita ter um bom trabalho em mãos, porque não torná-lo ainda melhor? Se você tem um bom projeto fotográfico, não pergunte a alguém de confiança se está bom, se a pessoa gostou, pergunte: como eu posso melhorar este trabalho? 

 

Você pode concordar ou não com elas, usar ou descartar, mas esteja sempre aberto a ouvir críticas. Elogios não acrescentarão nada ao que você já tem.

 

4. “NÃO PROMETA O QUE NÃO PODE CUMPRIR.” 

 

Imprevistos sempre podem acontecer. Trabalhe com o possível, não prometa o impossível para ganhar um cliente. Seja honesto e mostre para ele uma visão realista com tudo que pode dar certo, errado, e como você faria caso as coisas não saíssem da melhor forma possível. É melhor deixar o cliente ciente de todas as possibilidades do que decepcioná-lo. 

 

5. DESCUBRA O QUE O SEU CLIENTE REALMENTE QUER. 

 

Fique atento aos detalhes para tentar descobrir o que o cliente realmente quer. Descobrir o objetivo mais profundo dele, aquele não expresso nas palavras, pode ajudar você a conquistá-lo quando estiver apresentando o seu trabalho ou na hora de entregar o que ele espera. 

 

 

No fim do livro, PAUL ARDEN ressalta que todos estamos vendendo algo o tempo todo. Seja um produto, uma ideia ou a nós mesmos. Logo, não se sinta constrangido em vender o seu trabalho.

 

Além de fotografia, busque estudar também temas que possam te ajudar a chegar até novos clientes em potencial, fechar contratos e a gerenciar o seu próprio negócio.   

 

Quanto mais confortável você estiver com este outro lado da profissão, mais sólida será a sua carreira.

 

 

Escrito por Lili Figueiredo

Imagem: Mabbom Santos

 
 
 

Postado em: 23/10/2020



Comentarios

Nenhum comentário.

Comente aqui